12 junho 2009

Ele não vai ligar (da série a vida como não devia ser)

Ok, ele não vai ligar. Vocês transaram na primeira noite; se conheceram na balada; ele lhe pagou um drink quando você estava bebendo apenas água; ele disse "foi ótimo ter te conhecido" na porta do seu carro. Desculpe amiga, ele não vai ligar.

Com certeza ele ficou muito feliz em saber que você bebia água porque realmente aprecia beber água, e não porque estava sem dinheiro.O alívio certamente foi ainda maior ao descobrir que você não é uma garota de programa, apesar da roupa excessivamente provocante.

O que foi? Claro que ele pensou isso! Em plena Ponta Negra, numa mesa de bar, bebendo água, super decote e curvas de fora, mega maquiagem e um olhar fulminante. Ele até podia ter certeza, mas não podia perguntar....não podia. Então, não pense que todo aquele interesse em saber de sua vida era real. Acredite, ele não queria saber do seu problema com a família, nem precisava saber sobre os efeitos colaterais de quando você come batatas fritas.

Não se sinta mal, nem tão pouco enganada. Você se divertiu, não foi mesmo? Ele não lhe prometeu nada, ele não seria tão estúpido. Então desencana. ok, ele disse que ligaria, mas não disse quando, então esqueça essa aprte do episódio, ou qualquer efeito positivo que você tenha adquirido nessa noite vai passar rapidinho. Não se culpe por ter curtido com ele, é normal, é humano.

Não ligue para o fato de ele ter saído antes que você acordar. Agradeça a habilidade do rapaz ao usar sabiamente o toilete, e claro, seja grata pela bondade de pelo menos ter lhe deixado o bilhete com o elogio (tudo bem, pode ter alguma esperança, se ele realmente achou o sexo bom, quando estiver sozinho, poderá lembrar de você, mas pelo sexo, é só). Não se esqueça de rezar agradecendo ao bom deus de tê-lo feio lembrar das camisinhas que as tequilas lhe fizeram esquecer, você não precisa de um problema agora.

Chore, xingue um pouco, solte a fúria que com certeza ainda lhe consome. Adote um travesseiro para tapear, ninguém vai lhe julgar. Se lhe fizer sentir melhor, deseje a morte dele. Talvez, até planeje uma vingança. Mas por favor, seja sensata e esqueça qualquer possibilidade rapidinho, aquelas pulseiras juntas não são tão confortáveis, e o macacão não cai bem em você.

Não se irrite comigo por ser sincera. Muito mais agressivas são as maldosas amigas que se divertem lhe iludindo com mais uma daquelas histórias que todo mundo conhece de alguma garota azarada que com todos os contratempos se deu bem com o ricasso apaixonado, ou o dançarino romântico. Princípes não existem nem tão pouco frequentam baladas , em busca de suas princesas. Quem procura por alguém o tempo todo, nunca será achado. Ninguém é pedido em namoro no terceiro encontro. Pessoas não casam com 70 dias de namoro. No amor não há regras, só exceções. Desencana.

Ele não vai ligar. Ele não tem culpa. Você não tem culpa. ninguém é cafageste, ninguém é fácil demais. Ambos são adultos. Adultos têm desejos, e por eles podem se deixar levar. Portanto, tire essa cara do travesseiro molhado, solte esse bendito telefone, esqueça a barra de chocolate, e por deus menina, vá trabalhar! Drama e choro gratuito só pagam contas para quem está na tevê.




4 comentários:

Formigando disse...

Hehehehhe
gostei!!!
teve ate uma parte que pensei que isso daria um programa de TV, tipo Radical Chic =p
rsrsrs
Boa.
Beijao minha linda!

Pensador disse...

Hmmm, interessante, coisas desse tipo acontecem e acredite, somos "todos" assim...Em algum momento, embora a maior parte do tempo estejamos ocupados sendo fiéis a nossos interesses.
Conselho para a protagonista, use e abuse, não tente ser feliz!

Anônimo disse...

Valeu, Mari! De vez em quando navego no seu delicioso blog. Belo contraponto da realidade. Bem encadeada e sutil nas alusões. É sempre bom ler você.
Bjs.

Tassoares

guabiras disse...

`Ficando velho, né, Birrenta???
>;;;;;;;;;;;;;;;
É o Ruffles que não presta mesmo...
...
cabeça de bila!

Coleção Pingos de Quê - by Magaliana